INTERNACIONAIS

Que tal se especializar em NEGÓCIOS INTERNACIONAIS? Será que é um bom MERCADO PARA VOCÊ e uma OPORTUNIDADE PROFISSIONAL?

Vamos compartilhar algumas reflexões e algumas dicas sobre Negócios Internacionais, durante esta semana!
Segundo a APEX (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), tem sido crescente, a percepção, por parte das empresas brasileiras, dos benefícios das expansões internacionais de suas operações comerciais e os benefícios advindos, como ganhos de competitividade, aumento de receita, por faturamento ou por valorização da marca, diferenciação frente à concorrência, diluição de riscos, ganho por sazonalidade e uma menor dependência do mercado interno.

Em tempos disruptivos, é mandatório que as empresas estejam aptas a reagir aos desafios que se apresentam e ameaçam sua sobrevivência e a internacionalização é uma das respostas empresariais à globalização, grande competitividade e necessidade de ampliação do faturamento, via aumento de demanda e diversificação.

E o 1° curso UDEMY: Change Management – GMO – Gestão de Mudanças Organizacionais

Cupom promocional para as primeiras 20 pessoas que acessarem!
Este curso, é para você, que reconheceu a necessidade de mudar a si mesmo, ajustando suas estratégias e redesenhando um modelo e método eficazes para a melhoria geral nos resultados e processos da sua empresa; ou, para você, que está se preparando, gerenciando ou passando por mudanças organizacionais. Você terá ideias práticas sobre como o processo de mudança afeta a vida dos colaboradores, quais suas reações e porque alguns programas de Change Management acabam fracassando. Vamos ver o processo de mudança, o que deve ser evitado e, em primeiro lugar, como informações relacionadas as mudanças devem ser comunicadas. Vou te explicar como dar ao seu modelo de gerenciamento de mudanças a melhor metodologia para funcionar, na prática

OS 5 ERROS DE QUEM PRATICA O CHANGE MANAGEMENT

Ola, Ja dissemos que “Em tempos disruptivos, empresas que não se adaptam, não sobrevivem” e também ja falamos que: “As empresas não mudam, o que muda são as pessoas! …
Ou seja, se as pessoas não mudarem, sua empresa ou a empresa em que você trabalha, também não terá mudanças”.
Mas quando falamos em Change Management, quais seriam os maiores erros que você pode cometer, ao liderar um processo de mudanças?
1. “Em time que está ganhando não se mexe”: Se você pensa assim, sinto em dizer, mas sua empresa está fadada a morrer no mundo corporativo.

2 . Dizer para a equipe que é preciso mudar para melhor: Seus colaboradores não devem mudar porque você os orientou, mas porque identificaram que é a melhor solução para eles.

CASES DE SUCESSO – CASE DO EQUADOR

Hoje volto com outro case de sucesso: Equador!
Tenho falado de Change Management, focado em mudanças em pessoas, em lideranças, mas também no organizacional (cultura, e política) e contextual, (concorrência e oportunidades).

Na minha gestão de América Latina, tínhamos a problemática de mudar o formato de distribuição, ainda extremamente lucrativo, dos traders do Panama, para os distribuidores locais.
A mudança era indiscutível, afinal, em tempos disruptivos, empresas que permanecem com modelos antigos, acabam morrendo.

CASES DE SUCESSO – PERU

Tenho falado de Change Management, e hoje vim compartilhar um case de sucesso.

Um modelo de mudança aplicado em outro país: Peru!
Quando falamos em mudanças, focamos em pessoas, em lideranças, mas também é necessário pensar no organizacional (cultura, e política) e contextual, (concorrência e oportunidades).

Fui Gerente para a America Latina, em uma empresa com distribuição iniciada por traders do Panama, há 40 anos, mas em tempos disruptivos, mudanças eram necessárias.
Era preciso reinventar o modelo de distribuição e o que ocorreu foi a decisão de fortalecimento de distribuidores locais. O produto, calculadoras e o gap: professores não a usavam em salas de aula, simplesmente por não saberem como usa-la. Capacitar estes professores, em toda a América Latina foi o que trouxe o grande diferencial perante a concorrência.